GCM fiscaliza comércio irregular durante o desfile das campeãs em Santana

Na noite de sexta-feira (11/3), durante o desfile das escolas de samba campeãs do Carnaval 2011 de São Paulo, a Guarda Civil Metropolitana apreendeu 580 itens de bebidas (latas de cerveja, refrigerante e água e garrafas de destilados) que eram comercializados irregularmente por 5 ambulantes nas imediações do Sambódromo do Anhembi, em Santana.

A GCM atuou com um efetivo de 206 guardas, 20 viaturas e 4 bases comunitárias móveis com foco nos programas de proteção ao patrimônio, aos agentes públicos e a coibição do comércio ilegal. A ação que ocorreu das 19h às 7h, concentrou-se nos portões 1, 2, 5, 13, 18, 19, 25, 29 e 32 do Sambódromo e área externa.

O trabalho dos GCMs se deu por meio de ações a pé e motorizadas, conforme planejamento conjunto entre as subprefeituras, as Polícias Militar e Civil, a CET, a SPTrans, entre outros órgãos da administração. Durante o evento, agentes do Grupo de Apoio Especial (IOPE), também auxiliaram as equipes operacionais em vários setores e no entorno do Sambódromo do Anhembi. Ainda estiveram presentes, GCMs capacitados em inglês e espanhol para o auxílio dos turistas estrangeiros, junto à Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur).

Durante o período de Carnaval (4 a 8/3), a GCM atuou com um efetivo de 1.571 guardas, 282 viaturas e 10 bases comunitárias móveis.

Além do efetivo no Sambódromo, a corporação disponibilizou 322 guardas e 70 viaturas para contribuir com a segurança dos blocos independentes e dos espectadores, em pontos da cidade onde houve Carnaval de rua.

Fonte: Prefeitura de São Paulo




Deixe seu comentário