Prefeitura inaugura Escola Estufa Lucy Montoro, a segunda da Cidade em Santana

Foi inaugurada na manhã de sexta-feira, dia 13, a Escola Estufa Lucy Montoro, na Casa Verde em Santana, Zona Norte. Esta é a segunda escola do projeto Mãos à Horta, desenvolvido pela Secretaria de Participação e Parceria, iniciado em 2008 com a unidade de Parelheiros, Zona Sul. A meta da secretaria é levar uma escola estufa a cada uma das 31 subprefeituras. O projeto ensina técnicas de cultivo de hortaliças e plantas aromáticas, compostagem, receitas úteis e reeducação alimentar, com aulas práticas e teóricas. O programa também enfatiza a comercialização dos produtos e possibilita a capacitação de agentes multiplicadores. “É um projeto de fundamental importância neste momento de crise, na medida em que forma mão-de-obra. Dá
oportunidade àqueles que não têm emprego de se especializarem no plantio de hortaliças. A idéia é expandir esse projeto com bastante velocidade e continuar nesse modelo de parceria”, afirmou o prefeito, que durante a inauguração, plantou uma pequena muda na nova estufa.

Na Casa Verde são oferecidas 120 vagas e já existem mais de 100 inscritos. O curso, teórico e prático, será ministrado por oficineiros integrantes do projeto Ofício Social, contratados pela secretaria. São duas aulas por semana, com duas horas de duração cada uma, durante dois meses. As inscrições podem ser feitas na sede da Subprefeitura Casa Verde, até o fim do mês. Mais informações podem ser obtidas no telefone 3113-9733. A subprefeitura disponibiliza o espaço físico com infra-estrutura para o funcionamento da estufa, construída pela secretaria, necessária ao desenvolvimento do projeto. O programa retoma a idéia das Hortas Comunitárias, levadas a termo pelo governador Franco Montoro. Os alunos passarão a atuar como agentes multiplicadores, valorizando o espírito comunitário e de solidariedade, ao incentivar a implantação de outras hortas comunitárias.
“É um projeto que pode gerar renda e emprego, além de ser lúdico. Nós vamos procurar convidar todas as escolas da região para virem visitar e, se possível, transferir o que eles aprenderem aqui para as suas escolas. É um projeto de parceria que, fundamentalmente, não tem custo orçamentário”, explica o secretário de Participação e Parceria, que participou da cerimônia de inauguração. O secretário e o prefeito entregaram na ocasião os certificados de participação do curso piloto, realizado na nova unidade, aos alunos Otávio Aparecido de Castilho e Ruth Lino Pinto de Aquino.

O curso é totalmente gratuito e os alunos recebem material didático. A primeira escola estufa foi inaugurada em Parelheiros no dia 5 de novembro do ano passado.

Fonte: SECOM – Secretaria Executiva de Comunicação




Deixe seu comentário